Televisão Digital Educativa

Modelagem de Conteúdos Interativos | Prof. Dr. Francisco Rolfsen Belda

Estruturação

leave a comment »

A representação fundamental do modelo apresentado neste capítulo está baseada em um conjunto de enunciados verbais, organizados em definições, sentenças e quadros de classificação, de modo a estabelecer os critérios básicos de significação dos elementos que o compõem, considerando suas regras e variáveis de associação. Neste sentido, a descrição verbal do modelo funciona como instrumento principal do qual decorrem as demais representações formuladas com o intuito de facilitar sua consulta e simplificar seu entendimento em contextos educacionais de aplicação. Tal descrição pode ser, portanto, considerada como um alicerce de modelagem.

Ela está organizada da seguinte forma. Primeiro, são definidos os termos que designam elementos componentes do modelo, explicitadas as sentenças que estabelecem regras de estruturação e, então, apresentados os atores e seus respectivos papéis em relação à produção e gestão do conteúdo. Em seguida, são caracterizados os ambientes televisivos e espaços temáticos como classes continentes, além de 42 classes de conteúdo com suas respectivas categorizações. O modelo descreve diferentes tipos de vínculos que podem se estabelecer entre os conteúdos classificados, considerando critérios para sua sincronização, seqüenciamento e acionamento.

São também previstos – ainda que não fornecidos pelo modelo em seu estágio atual – documentos de referência para a produção de conteúdos, além de atributos que definem metadados associados às classes que compõem o modelo, de forma a indicar mecanismos para geração e submissão padronizada e vinculação automática de mídias semanticamente relacionadas. O modelo descreve, ainda, uma série de requisitos capazes de orientar fluxos de conteúdos e eventos computacionais associados a funções interativas previstas nessa estrutura, conforme as possibilidades de sua utilização em um sistema de veiculação dinâmica com participação dos tele-interatores.

Essas representações descritivas são intercaladas, na apresentação a seguir, com os mapas que compõem a formulação visual proposta para o modelo de conteúdo descrito, compreendendo seus elementos básicos, as estruturas de conteúdo concebidas, seus atributos, vínculos, regras de associação e funções interativas. Esses mapas também podem ser vinculados entre si e acessados de forma cruzada, de modo a permitir uma consulta integrada e complementar[1].


[1] Uma versão hipertextual deste modelo está disponível para acesso através do endereçowww.edcasadaarvore.com.br/doutorado/modelo/.

Anúncios

Written by Francisco Rolfsen Belda

27/09/2010 às 01:34

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: