Televisão Digital Educativa

Modelagem de Conteúdos Interativos | Prof. Dr. Francisco Rolfsen Belda

Novos projetos

leave a comment »

Dentre várias correções e aprimoramentos necessários, sugere-se revisar criticamente complementar essa modelagem a partir do desenvolvimento de uma ontologia de padronização semântica para processos e conteúdos audiovisuais interativos. Uma extensão do modelo poderá também contemplar a integração de funcionalidades interativas próprias dos ambientes virtuais de aprendizagem na internet, baseados em software do tipo LMS.

Outro foco de trabalho seria a adaptação dos conteúdos modelados para recepção e acionamento por meio de dispositivos móveis e portáteis, como telefone celular de terceira geração e computadores de mão. Conceber e desenvolver um sistema integrado de educação a distância por mídias distribuídas, para públicos jovens e adultos, que pode funcionar como uma rede social televisiva, com acesso e submissão de conteúdo pelos usuários de forma ubíqua e colaborativa.

Possíveis aprimoramentos futuros do protótipo contemplam, ainda, o uso de joystick com conexão sem fio ao televisor e interface de voz para uma navegação mais intuitiva pelos ambientes virtuais em se abrigam os conteúdos multimídia acionados pelo tele-interator. Também é prevista sua adaptação para outros contextos educacionais além da Engenharia de Produção, entre elas Física (com um ambiente virtual que simula um vídeo-laboratório, no qual seriam dispostos vídeos e outras mídias acerca de experimentos e conceitos dessa disciplina) e Medicina (com um vídeo-hospital, no qual seriam alocados objetos audiovisuais de aprendizagem significativos nesse contexto).

Também sugere-se o aprimoramento contínuo do protótipo desenvolvido, com vistas à sua implantação integral e em condições reais de transmissão via televisão digital. Em uma futura versão do protótipo, com recursos computacionais mais avançados acoplados ao televisor, o vídeo-fórum assumiria plenas funções interativas, com a gravação e submissão de vídeos pelo usuário por meio de conexão a um servidor de vídeo em tempo real.

Nesse estágio, a validação das aplicações poderá ser realizada por meio de testes de navegação mais efetivos, baseados em task analysis, cognitive walkthrough e análise de heurísticas, envolvendo grupos pilotos de alunos e especialistas, com diferentes graus de familiaridade com sistemas audiovisuais interativos, a exemplo do que foi feito com a primeira versão prototipada, anterior ao modelo. Para essas análises, seriam indicados e executados diferentes cenários de navegação, considerando funcionalidades interativas e percursos não-lineares de fruição sobre o ambiente da fábrica virtual e dos vídeos e conteúdos complementares associados. Esses problemas, uma vez documentados, serão examinados em trabalhos futuros.

Anúncios

Written by Francisco Rolfsen Belda

27/09/2010 às 03:48

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: